Anais do IV SVL

Anais do IV SVL

São Paulo, 10 a 12 de dezembro de 2018

Auditório István Jancsó – Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, USP

baixar a versão integral (PDF)

Sumário

Ficha catalográfica – ISBN

Apresentação 6
Programação IV SVL (palestrantes e concertos) 8
Mesas temáticas 10
Palestras

Lars Hoefs e Robert Suetholz. “O conjunto de violoncelos: traçando a evolução de um gênero

16

18

Comunicações 31
Humberto Amorim. “Abel Carlevaro e Heitor Villa-Lobos: A relação entre dois pilares do violão latino-americano 33
Diogo Maia Santos et alli. “Villa-Lobos e o experimentalismo instrumental: uma investigação acerca das técnicas estendidas para clarineta em sua obra 40
Roberto Votta & Ana Valéria Poles. “Os solos de contrabaixo na Sinfonia n.1 de Villa-Lobos 58
Stephen C. Bolis. “Asas do baião, de Antonio Madureira: um baião com influência da escrita violonística de Villa-Lobos 69
José de C. Oliveira. “Aproximação e confluências: um estudo sobre os reflexos da obra villalobiana no jazz estadunidense nas décadas de 1950/60 84
Juliana Ripke. “As canções de amor de Heitor Villa-Lobos e Tom Jobim: algumas semelhanças e conexões” 103
Juan F. Arboleda. “El indigenismo em el contexto académico de Colombia: el caso del compositor Manuel Jose Benavides 124
Daniel Z. dos Santos. “O indianismo de Villa-Lobos: uma revisão sobre sua gênese, significados e características 138
Adailton Pupia. “Alusões, gestualidades e tópicas musicais no Andante da Sinfonia n.8 de Villa-Lobos 159
Regina Rocha. “Uma proposta interpretativa da forma sonata no primeiro movimento do Quarteto de Cordas n.3 de H. Villa-Lobos 175
Gabriel D. Silva. “Elementos e processos composicionais: o tratamento motívico no Quarteto de Cordas n.3 e a conexão com outras obras 196
Cleisson Melo. “Villa-Lobos, do simbólico ao semiótico 204
Loque Arcanjo Jr. “O dossiê Villa-Lobos e o Choros n.10: modernismo, ‘plágio’ e opinião pública em tempos de crise política no Brasil (1952-54) 217
Currículos dos palestrantes 235
Suplemento

Norton E. Dudeque. “Villa-Lobos e a herança do estilo culto nas Bachianas Brasileiras” (texto integral da palestra)

 

237